domingo, 14 de novembro de 2010

Criação de Canários

O ideal seria um pequeno quarto, bem areja­do, claro e de preferência com frente voltada para o nascente para que possa ser banhado pelo sol da manhã. Suas janelas e porta devem ser protegi­das por tela, para evitar moscas e pernilongos, inimigo mor­tais do canário. As gaiolas que irão receber os casais devem ser colocadas de maneira a não receber correntes de ar direta e ao mesmo tempo oferecer fácil manuseio O cria­douro deve ter um ambiente sossegado e a higiene, tanto no criadouro como nas gaiolas é fundamental.

 

 

As gaiolas criadeiras devem ser, de preferência, feitas de metal e espaçosas. As gaiolas de madeira são de mais difícil limpeza e as junções da madeira constituem excelente ambiente para focos de praqas e molestias. Urna gaiola 65x28x 30 cm oferece boas condições para criação. Os ninhos, feitos de estopa, devem ter dimensões proporcionais ao canárío que se deseja criar. Pa­ra os canários comuns ele deve ter a forma côncava e não deve ultrapassar aos 10 cm de diâmetro e 5 cm de profundidade.


Escolha dos Pássaros

Este é um assunto que re­quer algum conhecimento. Co­mo seria longo demais para ser comentado em todos os seus detalhes recomendamos ao néo-críador que procure adquirir seus pássaros com o auxílio de um criador mais experiente, ouvindo sempre a sua opinião a respeito visto que, além de outras inúmeras condições que as aves reprodutoras devem possuir há o fato do acasalamento perfeito, no que tange a sua linha cor e porte Todavia, um fator muito importante é que todo canário, tanto macho como fêmea, deve gozar de perfeita saúde.

A época para o acasalamento varia, de acordo com o clima de cada região. Em nosso país, via de regra, vai de ju­lho a dezembro. Entretanto há fêmeas que “aprontam antas desse período, outras demo­ram mais.
Ë muito fácil de reconhecer quando a fêmea está “pronta” para o acasalamento. Ela se mostra inquieta dentro da gaiola, saltitando de poleiro para poleiro, batendo as asas, dando a impressão que quer se libertar. Ë costume entre alguns criadores assoprarem na região anal da fêmea para se saber se ela já está em condições de ser acasalada. A fêmea em condições apresenta a sua região ventral bastante dilatada.
O macho, por sua vez, deverá estar “fogoso’ e a simples presença de sua futura companheira, torna-o indócil, com as penas da cabeça eriçada e canta estridentemente avançando em sua direção”.

O Choco

Uma vez acasalado a fêmea busca o ninho onde, com seu corpo, procura amoldá-lo e amaciá-lo para ali colocar os seus ovos. É comum entre os canarícultores colocar na gaiola fiapos de estopa para que a fêmea revista o seu ninho. Os fiapos, entretanto, não deverão ter mais do que 4 cm de com­primento, para que possam ser facilmente carregados pela fêmea. não embaracem em seus pés e não ofereçam perigo de serem arrastados quando a ave deixar o ninho Alguns dias após o acasala­mento, geralmente três dias após estar com o ninho pronto, a fêmea põe o primeiro ovo, que deve ser cuidadosamente retirado, guardado em uma ca­xinha com alpiste e em segurança e, ser colocado no ninho, em seu lugar um ovo index. Nos dias que se sucedem a postura do primeiro ovo a fê­mea continua botando. Uma boa criadeira chega a colocar seis ovos, um por dia. A postura da entre às 6,00 e 7,00 hs.
Quando a fêmea tiver colocado o último ovo, o que é fácil de se saber, por se tratar de um ovo menor e de casca mais azulada que os demais, retira-se ovo index e coloca-se no ninho os demais que estavam guardados na caixinha com alpiste e que foram vira­dos todos os dias para não se­pararem os seus líquidos e tornarem inférteis.No meu caso estou criando e não tirei os ovinhos ela ja botou três e só sai do ninho pra comer. Feito isso co­meça o choco, que dura de 13 a 14 dias. Durante estes dias e mesmo nos primeiros dias de vida dos filhotes não é aconselhável tirar a gaiola do lugar.
Com 20 dias mais ou menos os filhotes abandonam o ninho e entre os 25 aos 30 dias começam a comer sozinhos, ocasião em que deverão ser separados dos pais.

Alimentação dos Pássaros

Os canários, em qualquer etapa de suas vidas deverão ter sempre a disposição comi­da farta e água fresca e limpa, Como aves essencíalmente graníferas, nunca poderão faltar no comedouro: alpiste, aveia, colza, niger e linhaça. As verduras, principalmente o aimeirão, também são indispensáveis. Estas deverão ser bem lavadas.
Durante o períod0 de alimentação dos filhotes os canários preferem os alimentos macios:
Ovo cozido (só a gema) passado na peneira, pão amanheci­do. embebido no leite constituem bons alimentos, principalmente nos primeiros dias de vida das crias ­Uma boa ração como complemento para os canários na época da cria pode ser constituida de: germe de trigo, neston, farinha de rosca, multivitaminico e ovo de soja em proporções adequada. Essa mistura se­rá, posteriormente enriquecida com gema de ovo passada na peneira e bem homogenizada com a farinha.

A Limpeza das Gaiolas

Durante a alimentaçao dos filhotes, por preferirem comida macia, as dejeções dos canários são mais úmidas e mais abundantes. Além do que, esses alimentos se deterioram mais rapidamente, razão pela qual não devem permanecer por mais 12 horas a disposição dos pássaros.
A umidade é altamente prejudicial a criação e além do mais oferece ótimo campo pa­ra a proliferação de pragas (ácaros) O sobrefundo (cama) da gaiola deve ser trocado em dias alternados.

8 comentários:

  1. Bom dia amigo, gostaria de saber qual a idade ideal para a primeira cria?
    desde já muito obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Não tem idade certa,tem é algumas regrinhas que tem que seguir:
    O macho tem que estar cantando(estourado) e a fêmea você percebe que ela fica inquieta, pulando de poleiro em poleiro,se o macho estiver cantando bem, coloque a gaiola ao lado da fêmea que você vai ver se estão prontos ou não, ele vai cantar para ela e ela vai responder a ele.Outra regra importante é a saúde dos canários tem que estar em ótimas condições.Espero ter ajudado, Um abraço e boa sorte.....

    ResponderExcluir
  3. tenho um canario e ele canta bastante ,coloquei uma femea com ele e é ele que faz o ninho e quem fica no ninho isso é normal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até ele fazer o ninho é normal, o que não é normal é ele ficar no ninho. Verifique por uns dia e se a femea não bota no fundo da gaiola.

      Excluir
  4. Alem da limpeza da gaiola e da abundância de alimentos, trocar agua pelo menos duas vezes ao dia, pois os pais bebem a agua e nem sempre seus bicos estão limpos e vai ficando restos de comida dos bicos na agua tornando-a suja.Outra dica sobre a femea é que quando o macho canta fortemente vindo em sua direção, ela normalmente se estiver no ponto certo da cruza, bate as asas.
    Boa sorte a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o meu canta e vai a direçao dela e èla bate as asas ai eu botei juntus mas ai ela foge dele n eitendo

      Excluir
  5. Uma de minhas fêmeas botou 4 ovos mas faz mais de 20 dias o q eu faço? Já a outra botou 4 um nasceu e morreu o outro morreu hj depois de 10 dias e os outros dois ovos estão lá. Estou começando agora não sei mto bem me da uma ajudinha.
    Michelle (michellefrancoo@hotmail.com)
    Obrigada

    ResponderExcluir